27 de ago de 2009

Ironia do Destino.

Ironia do destino

Certa vez fiz uma prova de redação, ainda estava no primario, sexta ou sétima serie. O tema era sobre Exploração do trabalho infantil, me lembro que a sala era quente apertada, o colegio era publico e não tinha ventiladores suficientes para refrescar toda a sala, a prova era o seguinte tinha que ter no minimo de 25 linhas para explicar sua opnião sobre o tal trabalho infantil, a prova valia 8 pontos para o conteudo da redação e 2 pontos era destinados a gramatica, a prova começou as 9:00 e quem terminasse podia sair de sala e seguir para casa, ja era semana final de prova e a professora concedeu essa vantagem para estudarmos para as provas seguintes.
Bom lá fui eu começar a escrever a redação, o calor que fazia na sala de aula era insuportavel, eu mal conseguia me concentrar, ja se passava 30 minutos q eu ainda num tinha nem o Texto da redação, olhava em volta via que todos os meus amigos já tinha começado a escrever e eu ainda estava parado, sem ter escrito 1 linha se quer, mais 30 minutos passados e nada, apos 1 hora e 20 minutos eu comecei a escrever, alguns de meus amigos ja estavam começando a sair de sala eu e mal tinha começado a escrever, enfim de certa forma eu engrenei na escrita e fui escrevendo até o fim, apor terminado minha redação tinha restado na sala uns 10 alunos no maximo, meus amigos todos ja estava fora da sala e eu era o unico da minha rodinha restante. terminado a redação me levantei e entreguei a prova a professora sem muito expectativa nunca fui bom em redação e não seria essa que iria me dar bem , logo essa sobre esse tema de exploração infantil que não era meu forte que conseguiria ter boa nota.
passado o termino das provas veio a semana dos resultados, tinha ido bem em todas as outras matérias menos na maldita redação tirei 2,8 de nota final na mateira sendoo 1,8 pontos pela gramatica e 1,0 ponto pelo conteudo da redação, foi um fracasso total finalmente acreditei que escrever textos não era meu forte e jurei que jamais tentaria fazer algo parecido.
apos + ou - 7 anos depois tinha finalmente decido seguir meu sonho de fazer teatro, era bom na interpretação, sempre ganhei os mais variados elogios por diversos professores o fim do primeiro periodo eu tinha uma das maiores notas da turma... e tive ferias satisfeitas e felizes, fazia a faculdade que tanto sonhei e era bom no que fazia. eis que por mais ironico que isso possa parecer. um belo dia fui dormir por volta das 23:00 tinha tido sono inacreditavel e resolvi dormir mais cedo que o habitual... mas por volta das 3:00 perdi o sono, me revirei na cama de um lado ao outro feito um bacon frito na frigideira. foi por volta das 4:20 decidi levantar, andei pela casa o tempo todo atras de algo para fazer e distrair na esperança que o sono voltasse... nada, não tive sucesso na tentativa do sono voltar... estava com pensamentos estranhos sobre umas pessoas que nunca tinha visto antes, mas estava ferozmente pensando nesse trio... resolvi pegar um caderno e escrever tudo aquilo que estava rondando minha cabeça, no intuito de tira-los da mente e tentar voltar a dormir. BOOOOOM quando vi ja tinha escrito mais de 20 paginas dessa historia, esse grupinho de amigos estava virando um tipo de série em minha cabeça, só me dei conta de o quanto tinha escrito quando era 9:00 da manha... tinha escrito sem parar freneticamente sobre eles das 4:30 até as 9:00... reli tudo que tinha escrito e vi que estava bom aquilo, pedi para que amigos mais intimos lessem e me dissesem o que tinha achado da minha pequena historia. pra minha grande surpresa o "primeiro capitulo" da minha historia tinha feito o maior sucesso, todos pediram para que eu continuassem a escrever por que a histora tinha futuro promissor, na hora me veio a mente aquela minha baixissima nota na prova de redação, e agora 7 anos depois eu estava começando a escrever um livro e todos que tinha lido estavam adorando, minha vontade maior era pegar esse livro e pedir para minha professora de redação da epoca para ela ver o que tinha de novo na historia... e ver qual nota ela me daria sobre a historia.... e agora por ironia do destino tranquei minha faculdade de teatro, iniciei outra faculdade de letras/literatura e meu maior sonho agora é virar escritor, hoje essa historia ja tem titulo se chama "um copo de fama" e fala sobre ambição por fama de uma jovem chamada Sophia... e meu maior objetivo é ver essa obra publicada e ver todos comprando e compartilhando esse sonho comigo.