25 de mai de 2010

FIM

É o fim. Chega to cansado de me iludir, de tentar achar sentido nisso, de me esforçar em vão, de ficar de mimimi, ter insonia pensando no nome ideia pra assassina da historia, de passar praticamente 22horas escrevendo uma pagina. chega essa coisa de ser escritor não é para mim. Fecho lentamente a cortina desse espetaculo, ou melhor. Fecho lentamente a capa deste livro de fantasias. escrever é coisa pra gente grande não para mim, que até "ontem" não conseguia tirar notas altas em redação. Engraçado é que nunca tive a pretensão de ser escritor, sempre quis ser ator, brilhar no palco, nas telas, e foi tentando essa carreira que descobri que queria era dominar a vida dos personagens, pensar como eles pensavam, sabe, dominar mesmo toda a ação. Dai pensei bom vou ser diretor porque assim poderei mandar e desmandar nos atores, ja que escrever nunca foi minha praia. Dai fui surpreendido, certa noite doida de devaneio acordei com uma historia louca de tres amigos muitos unidos e uma certa coisa, uma vontade de ser melhor que todos acabaria com essa amizade, Foi assim que surgiu a historia de Tiago, Helena e Sophia, três jovens distintos um personal trainer, outra colunista de jornal e uma menina que sonhava em ser modelo, e quando toda a magica forma do destino, juntando com a determinação de quem corre atras do que quer sem medir esforços a vida desses tres jovens se tumultua de uma forma excepcional que só poderia ter saido da minha futil e pretenciosa mente fertil, uma historia boba que mesmo assim eu achava o maximom, pudera ne? Logo eu que sempre tive pessima vontade de escrever, porem o grande habito da leitura, por meses cheguei até pensar "nossa será que eu levo realmente jeito?." NÃO, não levo jeito pra tal profissão, fui iludibriado pela "fama" estantanea do twitter, "mas meu seguidores adoram meu blog". OK... acorda muleque, seus seguidores apenas não tem coragem de falar que realmente seus textos não são tão tão tão assim. ai voce pergunta, "e seus amigos não leram? sua familia?". SIM, os poucos amigos que leram adoraram a historia mas, coitados, me contrariar com meu temperamento de rockstar é perigoso, nem eles tiveram a capacidade de falar que era uma verdadeira merda tudo aquilo, preferiram (com razao) ocultar a verdade e dizer que era tudo otimo, que eu deveria investir nisso...

Bom a real verdade é que esse livro, desculpem o trocadilho infame, é pagina virada. Acabou chega, ninguem vai ter o (ahahah) previlegio de ler nenhuma historia minha.


E mais uma coisa que tambem é bem importante... Existe 98% de chance deste post ser o ultimo. a partir de agora só escreverei em bloco de notas que ficara escondida neste HD trancada COM SENHA, ninguem nem mesmo meus amigos mais leram qualquer bobagem que saia dessa mente confusa e iludida.


- F I M -

14 de mai de 2010

Ultimo Capitulo?

Hoje é o ultimo capitulo da novela Viver A vida. São os 55minutos em que a vida de todos os personagens toma rumo, tudo da certo, casamentos, nascimentos, morte dos vilões e bla bla bla...

Agora me diz se a tentativa da novela é ser o mais parecido com a vida real, Porque não acontecem coisas que acontecem na vida real?

Por exemplo se hoje fosse o ultimo capitulo da novela da minha vida, Não teria pedido de casamento, não descobriria nenhum filho, não iria a nenhuma casamento, nenhum vilão da minha novela morreria nada... se fosse o ultimo capitulo fosse hoje, nada de absurdo aconteceria, eu iria trabalhar, me matar de vender, provavelmente bater a meta raspando, iria tomar uma cerveja, ver gente nova, me estressar com a gerente, e voltar pra casa de madrugada, ouvir minha mãe gritar e mais nada... seria um dai comumm, normal sem grandes alardes...

Novela só funciona pra nos, bobos, acreditarem e fantasiar uma realidade alternativa, que no fundo sabemos que não vai acontecer nunca, ou quase nunca.

É muito, mas muito dificil ser feliz da forma que aquele povinho do Leblon é ou estara sendo...

Diferente da novela, na vida real as pessoas tem medos, surtos, duvidas... Aposto que voce deve estar pensando: "Calma willson, no fim tudo dá certo... Senao deu é porque o fim ainda não chegou" SERÁ MESMO?

O "fim" somos nós que fazemos... Podemos dar um ponto final em cada capitulo, eliminar um personagem das nossas vidas assim que nos der na telha. Casar e separar quando bem entendermos, escolher quem quisermos para passar o resto da vida... diferente do grupinho do Leblon que espera sentado a força do destino de unir os casais mais carismaticos.

Na vida real se o casal protagonista não tomar uma iniciativa para manter o relacionamento feliz e estavel, fatalmente um enjoara da espera e partirá pra tentar ser feliz com quem menos se espera, um elenco de apoio talvez...

O que eu quero dizer é que cada um é o Manoel carlos da propria vida, não precisa ficar sentado esperando acontecer, o escritor da propria vida luta, vai atras da felicida e ponto... Lute pelo que voce quer, pelo que voce deseja, pelo qu te faz feliz...

"Na vida real, Ser feliz só depende da vontade que temos de escrever o proprio roteiro"