26 de dez de 2009

Um Reveillon Muito especial ( capitulo 1 )

Se eu for tentar resumir vai ser facil e rapidol, alguns vão se identificar, outros vão detestar e poucos vão gsotar. Mas uma Historia como essa não merece ser resumida.


Em uma das muitas madrugadas que Valentim ficava na internet ele sempre fazia muitas amizades, e foi mais ou menos assim que ele conheceu Olivia. num desses site de relacionamento, muito conhecido por ter função de mini-blog sabe... ela o seguiu e mesmo com o perfil dela estar bloqueado ele a segiu tambem... pos bem alguns dias depois eles começaram a se falar atraves do proprio site e então uma pre-afinidade aconteceu, e Valentim foi pego de surpresa quando percebeu que Olivia queria falar com ele com mais privacidade e maior troca. pois bem. olivia mandou para valentim seu MSN e rapidamente o moço adicionou a moça. tendo em vista que valentim não entrava muito na tal ferramente via internet.

o papo dos 2 fluia de forma maravilhosa, a conversa era longa, demorada mas extremamente satisfatoria. então com a vasta lista de burrices que valentim tinha em seu curriculo ele então acabou se apegando a moça de maneira estranha, ficava o dia todo pensando na olivia e em suas conversas. apesar de saber que Olivia nunca tinha dado sinais de tambem estar interessada nele, ele continuou conversando com ela de forma amigavel. nunca antes ele tivera tendado forçar nada com a moça e nunca falou pra ela que ele estava interessado nela.

com 3 ou 4 madrugadas de conversa Olivia deu a entender que talvez ela estaria interessada nele. assim ele entendeu, pois realmente a conversa não ficou muito clara. a forma como eles 2 conversavam era intrigante. duvido que alguem de fora conseguiria entender como a conversa dos 2 era exposta. como se mentes tivesse conectadas. a moça dizia que aquilo se chamava sexo cerebral. algo que valentim nunca vai saber se existiu, até porque perguntar esse tipo de coisa não fica bem e não faz muito sentido. porem valentim ficou animado com a suposta vontade da moça talvez estar interessada nele. então as coisas ja começavam a decolar na mente fertil do rapaz. ele ja imaginava os dois juntos a onde quer que fosse. ja imaginava tudo sempre junto com a amada.


então veio o natal e o jovem casal supostamente interessado começou a ter pequenas brigas atraves da unica forma de contato dos 2. a grande misteriosidade de olivia pertubava a mente insegura de valentim. apesar de serem parecidos, term o mesmo signo, e valentim ja ter namorado uma menina do mesmo signo.( inclusive olivia e a ex-namorada de Valentim fazem aniversario juntas) eles eram parecidos mas diferentes sabe. ele tinah uma mente mais problematica e ela uma cabeça mais centrada para a realidade, talvez no fundo de tudo olivia sabe que esse suposto romance entre ele não teria muitas chances de se concretizar. mas valentim estava bem feliz achando que tudo aquilo realmente iria acontecer.

durante a festa natalina na casa de Valentim ele recebeu talvez a melhor surpresa do natal do jovem. uma SMs de oliva desejando um feliz natal, a SMS era simples não tinha nada demais, mas aquilo o alegrou o resto da noite, na mesma hora respondeu e durante a festa pensava em oliva no decorrer da noite mandou mais 2 SMS. o dia 25 mesmo assim que pode valentim correu pra internet com o intuito de "ver" sua paixonite e ela estava com a mesma saudade dele tambem. o dia pra o moço corria bem, ele estava feliz. foi quando o jovem rapaz recebeu a noticia de que olivia iria passar o reveillon na mesma cidade em que valentim morava... o que o deixou devidamente muito mais feliz do que o natal todo em si. foi quando ele resolveu declarar sua paixonite para olivia, e para sua grande surpresa a moça não estava NADA interessada no rapaz. ela apenas o tratava como amigo e que ela nunca tinha falado nada que estava interessada nele, e que se ele fez alguma coisa que desse a entender isso, que ele a desculpasse, com tudo a moça se desculpo mais uma vez e saiu da internet.


valentim ja não era mais a mesmo pessoa, durante os dias que antecedia no fim do ano ele estava se triste amoado e decepcionado com tudo ao seu redor, tudo que eles haviam tentado programar para passar juntos o reveillon tinha caido por terra na concepção do jovem, que então comprou um ingresso de uma festa no canto oposto onde seria o encontro dele com olivia.


o dia 31 começou ja de forma estranha, valentim se lembrou de que desde daquela temida conversa com olivia, ele não tinha carregado o celular e na verdade nem sabia onde ele estava. colocou o celular para carregar e foi direto para o banho, ja estava meramente atrasado para sua festa de reveillon. saiu do banho e foi direto se vetir e partiu para sua festa. enquanto isso olivia desenbarcava na cidade de valentim e ia direto para o ponto de encontro dos dois como tinha combinado previamente, mas ao chegar no lugar e essperar por mais de uma hora descobriu que não havia mais porque esperar , ligava no celular dele e ninguem atendia, foi quando ligou para uma prima sua que morava na mesma cidade e marcou de encontra-la num festa em que a prima de olivia iria.


por ironia do destino a festa em que a prima de olivia estava era a mesma festa em que valentim tambem estava e o encontro dele com olivia foi marcado por mais ironias... a festa era dividida em 2 ambientes e olivia ficou no andar de baixo e valentim no de cima. faltando apenas 5 minutos para a hora da virada, um amigo de valentim que estava beijando uma menina e valentim estava sozinho e olivia procurando um banheiro, como estava apertada e queria voltar logo para ver a queima de fogos, então olivia resolve ir ao banheiro no andar de cima. foi quando a magia começou a funcionar.

olivia saiu do banheiro faltando apenas 3 minutos para 00:00, e ja que estava no andar de cima resolveu ficar, pensou que se descesse perderia a festa da queima de fogos, foi quando a energia da festa acabou totalmente, como era um area menos descoberta a festa ficou totalmente escura e ja quase não dava para se ver os rosto das pessoas, olivia então se aproximou de uma coluna que sustentava o teto e ficou admirando a queima de fogos, então o amigo de valentim resolveu surpreender seu amigo e puxou uma garota para que o amigo beijasse, o jovem convenceu a moça a dar um beijo em seu amigo, afinal era ano novo, e estava escuro demais, então a moça acabou aceitando. valentim não se mexeu e a moça ja foi beijando ele e para sua surpresa o beijo foi maravilhoso, o rapaz sentiu algo que nunca sentiu antes na vida, um calor percorria todas as partes de seu corpo e o moço conseguia sentir que a jovem desconhecida sentia a mesma sensação ao beija-lo. o moço se afastou um pouco e susurrando perguntou o nome da moça ao e lentamente ele ouviu a moça dizer "OLIVIA, agora eu tenho que ir, adorei seu beijo" e olivia saiu de perto do rapaz olhando fixamente nos seus olhos mau iluminado e desceu para o segundo andar. quando a luz finalmente voltou a moça ja não estava mais na festa.