18 de mar de 2010

Troca

Ontem eu tava assistindo o Filme O mundo Imaginario do Dr. Parnassus o filme se baseia numa aposta feita entre Dr. Parnassus e o Diabo na luta por almas, caso o Dr ganha, ele ganha a imortalidade e se o Diabo ganhar tem a alma do sabio Dr. então o filme começa e então é apresentado o talento do dr de manipular a mente humana atraves dos desejos oculto as pessoas... Eis que num dado momento eu começo a me perguntar meu desejo mais secreto... E sem duvida é a ACEITAÇÃO.

Tenho uma extrema falta de segurança, uma incrivel mania de achar que o mundo esta conspirando contra mim. e con isso necessito veementemente de SER ACEITO. com isso vou errando, errando, errando na tentativa de ir atras da perfeição, ser o amigo perfeito, o namorado perfeito, o profissional perfeito, o filho perfeito. ahhh cansa isso. to cansado de buscar o impossivel, de buscar a perfeição, isso não existe MESMO.

Voltando o filme se baseia na Troca. felicidade momentanea pela alma. Mas o que representa essa troca? a luta infindada pela felicidade? a luta desgastante pela aceitação? ou auto-afirmaçao?

o que me importa realmente se eu gosto de uma pessoa e ela não gosta o suficiente d mim? Quem estará sendo iludido a final? Eu. tendo em vista que eu optei me impus essa situação.

Engraçado que troca pode ser defeituosa. voce pode se entregar ao amor, se entregar a amizade e não receber nada em troca. Quem no final vai estar se magoando? diferenta da resposta anterior, EU, no caso não saio ferido nessa troca. mas a outra pessoa que sai. Quem foi que disse que troca sem retorno não dá em nada. AFIMO DÁ SIM. a gente aprende, sabe como fazer da proxima vez, nao se entregando menos, mas se entregando certo.

Apesar de andarem de mãos dadas a Lei do retorno não se aplica da mesma forma. No amor dar sem troca a pessoa acaba enjoando daquilo vai em busca de algo melhor mais concreto, mesmo que ao tal amor não lhe faça mal, esteja apenas parado. Agora na amizade o jogo é inverso se voce se dedica a amizade e essa amizade fica parada, voce continua se dedicando. o que tem demais em amar(como amigo) uma pessoa e essa pessoa não te amar, mas sempre te ouve, conversa, expoe opiniões, sempre tá ali te ajudando, mas não te ama da mesma intensidade. Vai ver essa sim é uma amizade mais realista e mais concreta que qualquer outra. porque essa não vai se importar em falar coisas que magoam, mas que voce tem qeu ouvir... O importante na amizade nem sempre é 100% de fidelidade e troca mas sim respeito.

E o mundo imaginario do dr.parnassus diz isso, sobre a mentira aparente e a mentira real. quem se entrega ao Dr. Parnassus é um sem amigo, sem esperança, sem ninguem. É aquele que busca algo que ainda nem mesmo sabe e entra dentro de um espelho apenas para se satisfazer mesmo que momentaneamente...


Agora me diz VOCÊ. Entraria no Mundo imaginario do Dr. Parnassus mesmo tendo amigos e pessoas que não te amam da mesma forma que voces a amam... mas que se importam com você?


#2beijos a gente vai se falando durante a semana... X.O.X.O

4 comentários:

  1. mano eu nao ser oq fazer com minha mania de achar q felicidade nao é pra mim, mas q eu nao entraria num mundo imaginario

    prefiro mil vez sofrer na realidade, do q ser feliz com algo q não existe

    ResponderExcluir
  2. Não sei.

    As vezes da aquele desespero, a vontade que tenta ultrapassar a realidade. A vontade de sumir, e ir para um lugar nem que seja pra ser um pouco feliz.

    Mas quando a realidade bate, a opinião muda. Os amigos de verdade são sinceros... se vc irrita eles falam, se não querem conversar, eles falam. As vezes a sinceridade magoa, mas ao mesmo tempo ensina muita coisa. Ela é necessária.
    É necessário que a gente passe por muita coisa para nos tornarmos pessoas melhores, ou piores.

    Ja doei e ainda me doo muito para as pessoas, as vezes tenho retornos, e as vezes não. Antes me abalava muito com isso, mas agora não ligo tanto. A lei do retorno nem sempre vem de imediato, mas ainda acredito que ela exista, eu preciso acreditar.

    Estar bem sempre é muito raro, porem não é impossivel.

    ResponderExcluir
  3. Vou ver o filme e pensar a respeito.
    A princípio, felicidade nunca é momentânea. Não dá pra ser feliz o tempo inteiro, mas dá pra estar feliz durante muito tempo.

    Sobre "peso"... acho que sentimentos não são comparáveis. Como eu e Luciana, pelo menos. Cada uma tem sua maneira de demonstrar cada tipo de sentimento, e isso não quer dizer que uma sinta mais ou menos que a outra.
    Tenso, né?

    O ser humano é complexo, amigo.
    Muito complexo.
    ;*

    ResponderExcluir
  4. que dificil..
    eu vi uma parte do filme.. eh mt viagem..
    mas vou terminar d ver.. e sobre entrar nesse mundo de ilusoes..
    eu entraria sim.. eu sou mt realista, pé no chao..
    eu preciso as vezes viajar um pouco .. achar q tudo eh lindo, que todos me amam e que ngm fala mal de mim.. (exemplos)
    em relacao a troca.. na amizade.. eh essencial...
    em qualquer relacionamento, tem q haver um minimo de troca..
    se nao tiver, nao da certo e como vc disse, a pessoa se cansa e vai em busca do melhor pra ela..
    eu, nas minhas amizades, como todos sabem, me doo por inteira.. e confio ate q me provem o contrario..
    e o respeito vai estar sempre independente da pessoa e da ocasiao!!

    ResponderExcluir